Mar Morto
Mar Morto

Avistámos a Mar Morto ao final da tarde.

Restava pouco tempo e era de aproveitar.

O Hotel Dead Sea Spa tinha boas instalações e acesso directo ao mar.

Algumas pessoas já por lá andavam.

Havia um pequeno problema. Não levei calções de banho e a loja do hotel já tinha encerrado.
Perdemos alguns minutos a tentar perceber se reabria no próprio dia.

Uma senhora do spa que ia a descer as escadas deu a notícia que só no dia seguinte e que nas proximidades não havia qualquer loja.
Paciência.

 

Mar Morto
Mar Morto

Em frente aos quartos há uma zona ampla, com piscina e virada para o mar.


Deu para ver o ritual do banho no Mar Morto. 
Uns apanhavam lama e cobriam o corpo. 
Sentavam-se e de cor negra e olhos mascarados de branco contemplavam o mar. 

Aguardam pelos efeitos  terapêuticos dos minerais.


Outras pessoas entravam na água. Com calma, devagar, procurando evitar qualquer agitação.


Depois, era ver os corpos a boiar.



Não podia estar aqui e perder esta experiência. Assim foi. 

Plano B. Não há calções de banho mas há cuecas. Fui vestido até à praia e toca a tirar as calças. 
Com a lama não se percebe a diferença. 
Muitas das pessoas que estavam à beira mar já tinham alguma idade. Uma senhora sentada por ali perto, toda enlameada, talvez tenha achado estranho mas estava noutra.


 

Banho no Mar Morto
Banho no Mar Morto

O Mar Morto não tem qualquer agitação.

À beira mar a lama foge dos pés e o aproximar da água provoca um olhar desconfiado.
A água é muito gordurosa. A pele fica escorregadia.


São muitos os  avisos.. Não beber água e evitar contacto com os olhos. Os sais podem criar problemas sérios. 


Devido a esta preocupação, não foi propriamente um banho reconfortante. 

A água é muito densa, pode-se boiar com facilidade.

É andar um pouco, submergir parte do corpo, boiar mais uns minutos... saborear a experiência.




Mascara de lama
Mascara de lama

Quando saímos já começava a escurecer e pouca gente restava na praia.
A toalha facultou uma transição calma até ao hotel.

O programa ficou completo com uma máscara de lama no rosto. Para o corpo o preço era de 40 jd. 

A empregada do Dead Sea Medical Center ainda me tentou convencer mas sem sucesso. 
Ainda bem. No dia seguinte o rosto ficou avermelhado e a pele um pouco irritada.




Durante a noite a vista era muito bonita.

Mar Morto à noite
Mar Morto à noite

A lua reflectia-se na água. Era um brilho intenso devido aos sais. Parecia um mar de prata.

O Mar Morto está 400m abaixo do nível do mar.
As montanhas ao longe, do lado Israel, pareciam enormes.

O lugar é muito procurado. Alguns vão por mero passei, outros juntam o bem estar/saúde e há turismo religioso.


Em 2006 era um lugar relativamente calmo.

As imagens e a recolha de informação realizada agora, uma década depois, mostra  que muito mudou. Construções maiores, alguns espaços parecem parque de diversão para as famílias.


A viagem de/para Amã demora cerca de uma hora.

Ver fotos da Jordânia